Preços Agropecuários: alta de 2,13% na segunda quadrissemana de dezembro

            O Índice Quadrissemanal de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista (IqPR)1,2 registrou alta de 2,13% na segunda quadrissemana de Dezembro de 2009. O IqPR-V (produtos de origem vegetal) fechou com variação positiva de 3,20%, enquanto que o IqPR-A (produtos de origem animal) encerrou negativamente em 0,52% (Tabela 1).

Tabela 1. Variação Percentual do IqPR, Estado de São Paulo, 2ª Quadrissemana de Dezembro de 2009.

São Paulo
São Paulo s/cana
IqPR
2,13% 
1,30% 
IqPR-V
3,20% 
3,03% 
IqPR-A
-0,52% 
Fonte: Instituto de Economia Agrícola (IEA).

            Quando a cana-de-açúcar é excluída do cálculo do índice, devido a sua importância na ponderação dos produtos, o IqPR registra variação positiva de 1,30%. O IqPR-V (cálculo somente dos produtos vegetais) tem uma ligeira queda e fecha positivamente em 3,03% (Tabela 1).

Tabela 2 - Variações das Cotações dos Produtos, Estado de São Paulo, 2ª Quadrissemana - Dezembro de 2009.

Origem
Produto
Unidade
Cotações (R$)
Variação quadrissemanal (%)
2ªNov09
2ª Dez/09
VEGETAL
Algodão
15 kg
40,53
42,64
5,22 
Amendoim
sc.25 kg
26,02
23,80
- 8,55 
Arroz
sc.60 kg
36,46
36,29
- 0,45 
Banana nanica
cx.21 kg
11,74
8,60
- 26,79 
Batata
sc.60 kg
56,62
43,93
- 22,41 
Café
sc.60 kg
244,53
261,43
6,91 
Cana-de-açúcar 
t de ATR
304,06
314,15
3,32 
Feijão
sc.60 kg
58,03
57,98
- 0,09 
Laranja p/indústria
cx.40,8 kg
5,74
7,14
24,51 
Laranja p/Mesa 
cx.40,8 kg
7,68
8,57
11,67 
Milho
sc.60 kg
16,96
16,76
- 1,17 
Soja
sc.60 kg
43,32
43,05
- 0,61 
Tomate p/ Mesa
cx.22 kg
37,26
26,88
- 27,86 
Trigo
sc.60 kg
26,80
25,22
- 5,90 
ANIMAL
Carne Bovina
15 kg
75,89
72,96
- 3,86 
Carne de Frango
Kg
1,45
1,61
10,96 
Carne Suína
15 kg
48,67
47,17
- 3,08 
Leite B
Litro
0,80
0,75
- 7,00 
Leite C
Litro
0,74
0,70
- 5,15 
Ovos
30 dz
30,33
30,55
0,73 

Fonte: Instituto de Economia Agrícola (IEA).

            Os produtos do IqPR que registraram as maiores altas nesta quadrissemana foram: laranja para indústria (25,41%), laranja para mesa (11,67%), carne de frango (10,96%) , café (6,91%) e algodão (5,22%) (Tabela 2).

            Para as laranjas, de mesa e de indústria, a ocorrência da entrada do verão elevando o consumo de sucos impacta nas cotações no sentido da recuperação, uma vez que ainda estão muito inferiores aos observados no ano passado.

            A carne de frango, depois de atingir uma das cotações mais baixas dos últimos meses iniciou reação em período de aquecimento da demanda e dificuldades de escoamento da produção devido às chuvas torrenciais que ocorreram no Estado.

            Os produtos que apresentaram as maiores quedas de preços na segunda quadrissemana de dezembro foram: tomate para mesa (27,86%), banana nanica (26,79%), batata (22,41%), amendoim (8,55%), leite tipo B (7,00%) e trigo (5,90%) (Tabela 2).

            A recuperação da produção de tomate e batata proporciona o retorno de seus preços a níveis mais compatíveis com seus padrões normais de variação sazonal.

            A primavera quente e excepcionalmente úmida favorece a formação dos cachos de banana aumentando a sua oferta em período de maior entrada de frutas no mercado, com grande concorrência entre elas e conseqüente redução de preços.

            Para o leite e carne bovina, a entrada no período de safra (melhoria das pastagens, isto é, mais alimento para os animais), com consequente aumento da produção, acarreta preços menores.

Figura 1 - Evolução dos índices quadrissemanais de preços agropecuários, 1ª quadrissemana de maio de 2009 à 2ª quadrissemana de dezembro de 2009.

 
Fonte: Instituto de Economia Agrícola (IEA).

            O comportamento da evolução dos índices quadrissemanais de preços do período mostra que o IqPR subiu 0,4 ponto percentual em relação a quadrissemana anterior, o IqPR-V manteve-se estável, enquanto que o IqPR-A (origem animal) ainda negativo teve recuperação de 1,3 ponto percentual, devido a variação positiva da carne de frango e ovos, e das menores variações de preços das carnes suína e bovina, que apesar de negativas mostram sinal de recuperação (Figura 1).

            No período analisado, 7 produtos apresentaram alta de preços (5 origem vegetal e 2 de origem animal) e, 13 apresentaram queda (9 vegetal e 4 animal).

__________________________
1 A fórmula de cálculo do índice (IqPR) é a de Laspeyres modificada, ponderada pelo valor da produção agropecuária paulista. As cotações diárias de preços são levantadas pelo IEA e divulgadas no Boletim Diário de Preço. As variações são obtidas comparando-se os preços médios das quatro últimas semanas (referência) com os preços médios das quatro primeiras semanas (base), sendo a referência = 16/11/2009 a 15/12/2009 e base = 16/10/2009 a 15/11/2009.

2 Artigo completo com a metodologia: Pinatti, E.; Sachs, R.C.C.; Angelo, J.A.; Gonçalves, J.S. Índice quadrissemanal de preços recebidos pela agropecuária Paulista (IqPR) e seu comportamento em 2007. Informações Econômicas, São Paulo, v.38, n.9, p.22-34, set.2008. Disponível em: http://www.iea.sp.gov.br/out/verTexto.php?codTexto=9573

Data de Publicação: 18/12/2009

Autor(es): Eder Pinatti (pinatti@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor
José Alberto Angelo (alberto@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor
José Sidnei Gonçalves (sydy@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor
Luis Henrique Perez (lhperez@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor