Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista: alta de 0,92% em agosto de 2015


O Índice Quadrissemanal de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista (IqPR)1, 2 (que mede a variação dos preços recebidos pelos produtores paulistas) registrou alta de 0,92% no mês de agosto de 2015 na comparação com o mês anterior. Na decomposição dos grupos de produtos, o IqPR-V (produtos de origem vegetal) fechou o mês positivamente em 1,17%, e o IqPR-A (produtos de origem animal) teve leve alta de 0,17% (Tabela 1). 

 

 

Na tabela 1 são apresentados os comportamentos das variações nas quatro quadrissemanas de agosto de 2015 para os índices com cana e sem cana. Nota-se que o IqPR e IqPR-V seguiram a mesma tendência de aceleração, iniciando o mês (1ª quadri) negativamente e fechando com variação positiva. Já o IqPR-A (animais) apresentou comportamento inverso, com desaceleração dos índices.

Quando a cana-de-açúcar (que em agosto teve alta de 1,32%) é excluída do cálculo do índice na ponderação dos produtos, o IqPR (geral sem cana) e o IqPR-V (vegetal sem cana) fecham o mês de agosto de 2015 em alta de 0,49% e 0,79% respectivamente (Tabela 1), em um comportamento semelhante aos índices com cana.

Na figura 1, observa-se o comportamento das variações dos índices das últimas 12 quadrissemanas, que compreende o período de junho/2015 a agosto/2015. Vê-se que o IqPR-V (vegetal) apresentou desvalorização até a 4ª quadrissemana de julho/2015; a partir daí, reverteu a tendência e fechou positivamente em 1,17%. Já o IqPR-A (animal), que vi-

 

nha com forte valorização até o final de junho/2015, tem a tendência inversa com a desaceleração dos aumentos, até fechar o mês de agosto com leve alta de 0,17%.

Os produtos do IqPR que apresentaram as maiores altas nas cotações do mês de agosto/2015 em relação a julho/2015 foram, pela ordem: banana nanica (29,16%), amendoim (15,65%), soja (8,01%) e café (7,35%) (Tabela 2). 

Para a banana nanica, a baixa luminosidade no inverno reteve o desenvolvimento e a formação dos cachos, o que ocasionou menor oferta do produto e o aumento dos seus preços.

No caso do amendoim, a manutenção de uma demanda aquecida por parte do mercado industrial doméstico nesse período de entressafra aliada ao reajuste dos carregamentos do produto ao mercado internacional (que repassa a interferência da valorização do dólar) se manifestam como os principais indicativos da subida do preço recebido pelo agricultor.

Altas do dólar com reajuste da precificação em reais do produto, problemas climáticos nos Estados Unidos e estoques equilibrados apresentaram-se como os principais motivos do reajuste do valor da soja recebido pelos produtores.

Já os produtos que apresentaram as quedas mais significativas de preços no mês de agosto/2015 foram batata (39,06%) e tomate para mesa (13,16%). Maior oferta e incapacidade de serem estocados pela característica de alta pericibilidade já impactaram o varejo em um movimento de desaceleração da inflação visualizado em agosto. No acumulado dos últimos 12 meses, os preços de tomate e de batata estão bem maiores, com reajustes acima de 50% (Tabela 2 e Figuras 2 e 3).        

 

 

 

Em resumo, no mês de agosto, 14 produtos apresentaram alta de preços (10 de origem vegetal e 4 de animal) e 5 apresentaram queda (4 vegetais e 1 de origem animal). 

_____________________________________________________________________

1A fórmula de cálculo do índice (IqPR) é a de Laspeyres modificada, ponderada pelo valor da produção agropecuária paulista. As cotações diárias de preços são levantadas pelo IEA e divulgadas no Boletim Diário de Preço. As variações são obtidas comparando-se os preços médios das quatro últimas semanas (referência) com os preços médios das quatro primeiras semanas (base), sendo a referência = 01/08/2015 a 31/08/2015 e base = 01/07/2015 a 31/07/2015. 

2Artigo completo com a metodologia. PINATTI, E. et al. Índice quadrissemanal de preços recebidos pela agropecuária Paulista (IqPR) e seu comportamento em 2007. Informações Econômicas, São Paulo, v. 38, n. 9, p. 22-34, set. 2008. Disponível em: <http://www.iea.sp.gov.br/out/verTexto.php?codTexto=9573>. Acesso em: set. 2015. 

Palavras-chave: IqPR, índice, preços agrícolas, quadrissemana.

Data de Publicação: 14/09/2015

Autor(es): José Alberto Angelo (alberto@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor
Danton Leonel de Camargo Bini (danton@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor