Preços Agropecuários: alta de 0,66% na terceira quadrissemana de Janeiro

            O Índice Quadrissemanal de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista (IqPR)1 foi de 0,66% na terceira quadrissemana de Janeiro de 2008. Os produtos de origem vegetal (IqPR-V) apresentaram variação positiva de 2,37%, enquanto os produtos de origem animal (IqPR-A) tiveram queda de 3,58% (Tabela 1).

Tabela 1. Variação do IqPR, Estado de São Paulo, 3ª quadrissemana de Janeiro de 2008

São Paulo
São Paulo s/cana
IqPR
0,66% 
0,99% 
IqPR-V
2,37% 
5,35% 
IqPR-A
-3,58% 
-
Fonte: Instituto de Economia Agrícola

            Quando a cana-de-açúcar é excluída do cálculo do índice, a variação positiva do IqPR atinge 0,99% e a do IqPR-V chega a 5,35%. Foram influenciadas principalmente pelas altas do tomate para mesa, laranja para indústria e soja (Tabela 2).

Tabela 2 - Variações das cotações dos produtos, Estado de São Paulo, 3ª quadrissemana de Janeiro de 2008

Origem
Produto
Preços (R$)
Variação

(%)

3ª Dez/07
3ª Jan/08
VEGETAL
Algodão
38,80
38,80
0,00 
Amendoim
34,89
35,40
1,45 
Arroz
30,70
30,63
- 0,22 
Banana nanica
12,15
11,61
- 4,48 
Batata
41,03
34,17
- 16,72 
Café
249,70
253,63
1,57 
Cana-de-açúcar 
241,72
242,15
0,18 
Feijão
217,04
205,53
- 5,31 
Laranja para Indústria
12,70
13,26
4,43 
Laranja para Mesa 
15,00
15,00
0,00 
Milho
29,25
28,27
- 3,34 
Soja
40,86
42,41
3,80 
Tomate para Mesa
7,74
16,71
115,97 
Trigo
33,49
33,73
0,72 
ANIMAL
Carne Bovina
72,71
71,14
- 2,16 
Carne de Frango
1,65
1,57
- 4,78 
Carne Suína
57,90
54,83
- 5,30 
Leite B
0,72
0,71
- 2,41 
Leite C
0,70
0,64
- 8,80 
Ovos
42,21
40,97
- 2,94 
Fonte: Instituto de Economia Agrícola

 

            Os produtos do IqPR que apresentaram maior aumento são: tomate para mesa (115,97%), laranja para indústria (4,43%), soja (3,80%) e café (1,57%) (Tabela 2).

A elevação no preço do tomate para mesa está relacionada ao descompasso de produção, onde os produtores aceleraram a colheita da metade de novembro até uma semana antes do Natal, devido ao clima favorável (calor e chuva). Isto causou uma menor produção no final do ano até a segunda semana de janeiro. A tendência é de que em algumas semanas a produção e os preços estarão normalizados. Tanto que o preço fechou em R$ 10,50 a caixa paga ao produtor (região de Itapeva) desde o dia 21 de janeiro, ante R$ 35,00/caixa praticado no dia 11 de janeiro.

            Os produtos que apresentaram queda de preços na terceira quadrissemana de Janeiro são: batata (16,72%), feijão (5,31%), banana nanica (4,48%) e todos os produtos animais (Tabela 2).

            Para a batata, cujas cotações elevadas antes verificadas decorriam do atraso de safra, o início da entrada de produto colhido fez baixar os preços. O mesmo ocorre com os preços do feijão, cujas quedas começam a refletir o início da colheita, em especial das lavouras paranaenses. Em ambos os produtos, a entrada da safra inicia um período de retorno ao abastecimento e à normalidade dos preços. O aumento da oferta de leite levou aos impactos de diminuição nos valores recebidos pelos pecuaristas.

            No período analisado, sete produtos apresentaram alta de preços (todos de origem vegetal), enquanto 11 registraram queda (cinco de origem vegetal e seis de origem animal). 
____________________________________________________
¹A fórmula de cálculo do índice (IqPR) é a de Laspeyres modificada, ponderada pelo valor da produção agropecuária paulista. As cotações diárias de preços são levantadas pelo IEA e divulgadas no Boletim Diário de Preço. As variações são obtidas comparando-se os preços médios das quatro últimas semanas (referência) com os preços médios das quatro segundas semanas (base), sendo a referência = 24/12/2007 a 23/01/2008 e base = 24/11/2007 a 23/12/2007.

Data de Publicação: 29/01/2008

Autor(es): Eder Pinatti (pinatti@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor
Raquel Castelluci Caruso Sachs (raquelsachs@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor
José Alberto Angelo (alberto@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor
José Sidnei Gonçalves (sydy@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor