Preços Agropecuários: Queda de 5,37% na primeira quadrissemana de fevereiro

            Na primeira quadrissemana de fevereiro de 2008, o Índice Quadrissemanal de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista (IqPR)1 registrou queda de 5,37%, aprofundando a tendência de preços cadentes iniciada na quadrissemana anterior. Os produtos de origem vegetal (IqPR-V) e animal (IqPR-A) apresentaram variação negativa de 4,34% e 7,91%, respectivamente (Tabela 1).

Tabela 1. Variação do IqPR, Estado de São Paulo, 1ª quadrissemana de fevereiro de 2008.

São Paulo
São Paulo s/cana
IqPR
-5,37 %
-5,17 %
IqPR-V
-4,34 %
-2,57 %
IqPR-A
-7,91 % 
-
Fonte: Instituto de Economia Agrícola

            Quando a cana-de-açúcar é excluída do cálculo do índice, as variações permanecem negativas, o IqPR fica em -5,17% e IqPR-V vai para -2,57%, ou seja, tem se uma diferença de 0,20 e 1,77 pontos percentuais respectivamente, influenciados principalmente pelas altas do tomate para mesa e feijão (Tabela 2).

Tabela 2 - Variações das Cotações dos Produtos, Estado de São Paulo, 1ª quadrissemana de fevereiro de 2008.

Origem
Produto
Preços (R$)
Variação

(%)

1ª Jan./08
1ª Fev./08
VEGETAL
Algodão
38,80
38,80
0,00
Amendoim
35,40
33,84
-4,40
Arroz
30,00
29,93
-0,23
Banana nanica
13,28
9,68
-27,06
Café
254,56
240,53
-5,51
Cana-de-açúcar 
241,76
228,11
-5,65
Feijão
187,27
227,55
21,51
Laranja p/ Indústria
13,00
12,82
-1,42
Laranja p/ Mesa 
15,00
14,26
-4,91
Milho
29,59
24,94
-15,74
Soja
41,18
40,99
-0,45
Tomate p/ Mesa
10,53
15,26
44,98
Trigo
33,61
32,16
-4,34
ANIMAL
Carne Bovina
71,47
67,39
-5,71
Carne de Frango
1,64
1,48
-9,77
Carne Suína
61,02
47,55
-22,07
Leite B
0,71
0,72
1,15
Leite C
0,67
0,66
-1,68
Ovos
44,54
37,75
-15,24
Fonte: Instituto de Economia Agrícola

            Apenas 3 produtos do IqPR apresentaram alta nesta quadrissemana: tomate para mesa (44,98%), feijão (21,51%) e o leite tipo B (1,15%) (Tabela 2).

            Apesar da alta no preço do tomate para mesa, a produção está sendo normalizada e a tendência é que a variação de preços fique menor nas próximas semanas.

            No caso do feijão, a alta do preço está relacionada com a redução da oferta sazonal do produto em decorrências da diminuição da produção em algumas regiões produtoras que se complementam na formação do abastecimento. Os preços se mantiveram elevados mesmo com o final da colheita da safra das águas dos produtores paulistas e paranaenses. Em resumo, há pouco feijão no mercado e há expectativas de queda nos preços com a entrada do feijão dos Estados da Bahia e do Piauí. Se ocorrerem frustrações nessas colheitas nordestinas, os preços tenderão a ficar em patamar alto até a entrada da safra da seca do sul-sudeste do mês de abril em diante.

            Os produtos que apresentaram as maiores quedas de preços naprimeira quadrissemana de fevereiro foram: banana nanica (27,06%), carne suína (22,07%), milho (15,74%), ovos (15,24%), carne de frango (9,77%), carne bovina (5,71%) e cana-de-açúcar (5,65%) (Tabela 2).

            A queda na cotação do preço da banana deve-se a uma boa produção no período associada à retração de consumo, principalmente, por causa das férias escolares. O mesmo ocorre com a carne suína, depois da grande procura do produto no final do ano, tem-se uma boa disponibilidade do produto aliado à diminuição no consumo. Para o milho, a queda nos preços é em função da boa produção ocorrida ainda na última safra.

            Após sucessivas desacelarações desde o final de dezembro/07, o IqPR fechou o mês de janeiro negativo e nesta primeira quadrissemana de fevereiro registrou forte queda de 5 pontos percentuais em relação ao período anterior. (Figura 1).

Figura 1 – Evolução das Variações dos Índices Quadrissemanais de Preços Agropecuários, Setembro de 2007 a Fevereiro de 2008

 

Fonte: Instituto de Economia Agrícola

            No período analisado, 3 produtos apresentaram alta de preços (2 de origem vegetal e 1 de origem animal) e 15 apresentaram queda (10 de origem vegetal e 5 de origem animal).
_____________________________________________________________
¹A fórmula de cálculo do índice (IqPR) é a de Laspeyres modificada, ponderada pelo valor da produção agropecuária paulista. As cotações diárias de preços são levantadas pelo IEA e divulgadas no Boletim Diário de Preço. As variações são obtidas comparando-se os preços médios das quatro últimas semanas (referência) com os preços médios das quatro primeiras semanas (base), sendo a referência = 09/01/2008 a 08/02/2008 e base = 09/12/2007 a 08/01/2008.


 

Data de Publicação: 13/02/2008

Autor(es): Eder Pinatti (pinatti@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor
Raquel Castelluci Caruso Sachs (raquelsachs@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor
José Alberto Angelo (alberto@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor
José Sidnei Gonçalves (sydy@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor